Ouvidoria



QUEM PODE RECORRER A OUVIDORIA?

  • Todos aqueles que utilizam os serviços prestados pelo Poder Judiciário do Estado de Alagoas e, também, aqueles que nele trabalham (magistrados, servidores e demais prestadores de serviços judiciários).

QUAIS OS CANAIS DE COMUNICAÇÃO QUE PODEM SER UTILIZADOS?

  • WEB: Clique aqui para uma nova manifestação
  • Ouvidoria: (82) 4009-3256
  • Atendimento Pessoal: Praça Marechal Deodoro, 319, Centro - Edf. Des. Edgar Valente de Lima, Anexo II do Tribunal de Justiça - Maceió - AL.

QUAIS MANIFESTAÇÕES PODEM SER VEICULADAS ATRAVÉS DOS CANAIS DE ACESSO?

  • Informações;
  • Reclamações;
  • Sugestões
  • Elogios;
  • Críticas.

QUAIS MANIFESTAÇÕES NÃO SERÃO CONHECIDAS PELA OUVIDORIA?

  • Consultas Jurídicas (por vedação expressa do Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil);
  • Denúncias de fatos criminosos (exceto se praticado por servidores da justiça).

HÁ NECESSIDADE DE IDENTIFICAÇÃO DO USUÁRIO QUANDO DA MANIFESTAÇÃO?

  • Sim, pois o anonimato é vedado pelo artigo 5º, inciso IV, da Constituição Federal.

QUAL A IMPORTÂNCIA DA OUVIDORIA?
  • O trabalho da Ouvidoria melhora as relações da instituição com o seu público porque cria a possibilidade de aproximação e integração.
  • O usuário se utiliza deste canal para fazer seus pleitos e ansiedades chegarem ao conhecimento da administração.
  • As informações colhidas pela Ouvidoria, diretamente com o usuário, sem qualquer interferência, servem como importante elemento para a gestão da instituição, que utiliza tais dados para o aprimoramento dos serviços.
  • As manifestações recebidas serão mantidas em sigilo.