Premiações





História

O Juízo Proativo é um projeto, instituído em 2014, pelo Tribunal de Justiça de Alagoas, que garante reconhecimento e benefícios às unidades jurisdicionais do primeiro grau (varas, juizados especiais cíveis e criminais do Poder Judiciário de Alagoas e turmas recursais) que buscam a eficiência operacional preconizada pelo Conselho Nacional de Justiça - CNJ.

A aferição utiliza indicadores de resultado como parâmetro para o gerenciamento da efetividade do órgão.

Em 2018, das 152 unidades participantes, 56 foram contempladas com o referido padrão de efetividade de “Excelência", atinente a aferição do período de janeiro a dezembro do referido ano.

A 10ª Vara Cível de Arapiraca (família e sucessões), a 1ª Vara de Palmeira dos Índios e a 22ª Vara Cível da Capital, obtiveram, respectivamente, os melhores resultados da aferição.