Geral - 20/03/2019 - 23:10:06
TJAL inaugura Centro de Soluo de Conflitos e Cidadania na Uninassau
Presidente Tutms Airan explicou que a iniciativa aproxima o Judicirio da populao, que passa a construir a soluo de seus conflitos

Aps inaugurar o local onde vai funcionar o Cejusc, presidente Tutms Airan conversou com estudantes. Foto: Adeildo Lobo Aps inaugurar o local onde vai funcionar o Cejusc, presidente Tutms Airan conversou com estudantes. Foto: Adeildo Lobo
- TJAL inaugura Centro de Soluo de Conflitos e Cidadania na Uninassau

 O presidente do Tribunal de Justia de Alagoas, desembargador Tutms Airan de Albuquerque Melo, inaugurou, nesta quarta-feira (20), um Centro de Soluo de Conflitos e Cidadania no Centro Universitrio Uninassau, na sede da Ponta Verde. Em seguida, o presidente Tutms Airan e os juzes integrantes do Ncleo Permanente de Solues de Conflitos (Nupemec), Jos Miranda (coordenador-geral), Cludio Jos Lopes, Kleber Borba e Bruno Acioly conversaram com alunos do curso de Direito, no auditrio da instituio.

O convnio para implantao do Cejusc foi assinado ainda no ms passado entre a instituio de ensino e o Poder Judicirio. Para o presidente Tutms Airan, a iniciativa aproxima o Poder Judicirio da populao e d uma resposta mais rpida para os jurisdicionados. 

Quando voc espalha para perto da populao um brao do Judicirio, que funciona diferente do modo tradicional, voc proporciona um salto de qualidade enorme no atendimento populao. Os processos so resolvidos de um modo muito mais clere e de uma qualidade muito maior porque voc no impe a deciso, ela construda pelas partes, destacou o presidente.

Para o reitor da universidade, professor Avelino Balbino, esse um momento histrico porque reafirma a parceria entre o Poder Judicirio e a Uninassau, garantindo mais cidadania para a populao. Isso representa as duas instituies tentando construir algo para a populao. E nesse sentido, os nossos alunos e a sociedade como um todo ganham em ter o Procon aqui e agora o Cejusc. O cidado chega para resolver uma demanda [no Procon] e de repente j vai para a conciliao no mesmo espao, numa velocidade inacreditvel. Alm disso, a populao que chegar aqui no vai ter custo algum com esse servio que estamos ofertando, disse.

Durante a conversa com os estudantes, o presidente Tutms Airan falou sobre a importncia de mudar a cultura do litgio no Judicirio. Com  conciliao voc ganha em tempo, evita o acionamento da cadeia recursal, que no Brasil tem uma mdia de 10 anos, e dentro de seis meses voc resolve. Ento voc faz uma troca de 10 anos por seis meses, isso muito interessante para a prpria populao e tambm para a imagem do Poder Judicirio que tem o desgaste de ser uma mquina lenta, ritualista, tem esse desgaste minimizado, explicou.

O Centro ser coordenado pelo juiz Kleber Borba, que destacou sua alegria em poder contribuir com a iniciativa, viabilizando acordos entre as partes. O coordenador do Nupemec, juiz Jos Miranda, explicou aos alunos como o Cejusc funciona e parabenizou a rapidez com que a Uninassau viabilizou o local para o Centro.

O juiz Cludio Jos Lopes contou aos estudantes que se formou em 1986 sem nunca ter visto um processo, somente estudado teorias na faculdade. Vocs esto sendo privilegiados com o Cejusc, no s por ver de perto como funciona, mas tambm por poder contribuir com a populao. A Uninassau est trazendo a vanguarda do Direito atual, disse.


Robertta Farias - Dicom TJAL
imprensa@tjal.jus.br - (82) 4009-3240 / 3141


Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.