Corregedoria - 23/05/2019 - 08:46:32
Tourinho visita comarcas de Campo Alegre e São Miguel dos Campos
Durante os encontros, o corregedor orientou sobre o novo modelo de correição e fez um levantamento das necessidades das unidades judiciárias

Corregedor dialoga com juízes e servidores da Comarca de São Miguel dos Campos. Foto: Itawi Albuquerque Corregedor dialoga com juízes e servidores da Comarca de São Miguel dos Campos. Foto: Itawi Albuquerque

Seis magistrados e dezenas de servidores das comarcas de Campo Alegre e São Miguel dos Campos tiveram a oportunidade de apresentar as carências das unidades judiciárias e dialogar com o corregedor-geral da Justiça, desembargador Fernando Tourinho, sobre as dificuldades do dia a dia de trabalho. A visita foi realizada com objetivo orientativo sobre o novo modelo de correição, atualmente virtual, como também para avaliar a estrutura dos prédios.

O Fórum de Campo Alegre necessita de reforma, com adequação de salas, pintura e manutenção do teto, além da reativação de um banheiro social masculino. Os servidores também informaram que alguns computadores precisam de manutenção. 

“Esse diagnóstico em relação à parte estrutural do Fórum foi de extrema importância com a visita do corregedor e nós pudemos constatar exatamente essa preocupação dele com o bem-estar do magistrado, dos servidores e da população em geral”, comentou o juiz Filipe Munguba, que atua na Comarca.

O corregedor Fernando Tourinho orientou para que as unidades comecem a se organizar para a Semana do Tribunal do Júri, cujo mês temático é novembro. As sessões do júri são realizadas sempre que os processos estão prontos.“Se nós nos programarmos melhor, não teremos problemas para resolver no mês de novembro. Esses julgamentos são, na verdade, um anseio da sociedade, uma vez que se referem a crimes de homicídio”, ratificou o corregedor. 

Na Comarca de São Miguel dos Campos, onde atuam cinco magistrados, o corregedor também falou da necessidade de gestão por parte de magistrados, chefes de secretaria e assessores, em prol da melhor prestação jurisdicional. Os servidores também foram orientados acerca da correta movimentação processual no Sistema de Automação do Judiciário (SAJ).

A juíza Laila Kerckhoff dos Santos, que atua na 4ª Vara Criminal da Comarca de São Miguel dos Campos comentou sobre o avanço do Judiciário na Virtualização. “A virtualização acelera o andamento processual e os procedimentos que deram certo em algumas unidades devem ser adotados em outras varas. Isso é importante para diminuir a quantidade de processos e prestar um bom trabalho à sociedade”, disse. 

Na oportunidade, Tourinho destacou a importância de gestão nas unidades. “Eu visitei cinco unidades aqui em São Miguel dos Campos e uma unidade em Campo Alegre. A gente está tentando contagiar, a gente está pedindo que os servidores se engajem nesse projeto da Corregedoria atual que é de, juntos, melhorarmos os serviços que estamos prestando”, afirmou.

O desembargador informou ainda que será criada uma central que fará o cálculo das custas judiciais, uma medida que vai beneficiar as unidades do Estado. “Muitas pessoas estão com dificuldade em face da carência de servidores em algumas unidades e, na hora de elaborar custas, os processos estão demorando. Nós estamos tentando centralizar”, expôs, ao apontar a necessidade da equipe, uma vez que quase 99% dos processos já tramitam de maneira virtual. “Não haverá demora, haverá agilidade e segurança no cálculo dessas custas”, completou.

Sobre capacitação quanto ao Sistema de Automação do Judiciário (SAJ), Fernando Tourinho solicitou que sejam elencadas as dificuldades dos servidores para que a equipe que vai ministrar os cursos já tenham foco no que precisa ser trabalhado.

“A importância das visitas individuais às unidades se traduz, justamente, na possibilidade de verificar as necessidades e as dificuldades de cada unidade, assim como de absorver experiências positivas de cada uma delas”, comentou o juiz Helestron Silva da Costa.


Niel Antonio – Ascom CGJ/AL

imprensacgj@tjal.jus.br - (82) 4009-7167


Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.