Corregedoria - 27/05/2019 - 09:18:19
Inspeção da Corregedoria analisa processos de 152 unidades judiciais de AL
Tourinho tem focado na celeridade e qualidade dos serviços prestados pelo Judiciário; Inspeção analisa se ritos e metas estão sendo cumpridos

Setor que mais cresceu na atual gestão da Corregedoria Geral da Justiça de Alagoas (CGJ/AL), a Inspeção é a área que examina os processos de 152 unidades judiciárias, verifica se as metas do CNJ estão sendo cumpridas, além de analisar a qualidade do serviço prestado ao jurisdicionado. 

“A gente não foca em encontrar erros. A gente analisa os processos, seguindo uma ordem prioritária, ditada ora pelo desembargador corregedor ao tomar conhecimento de algo fora do comum, ora pela Ouvidoria (que tem parceria com a Inspeção) e ora, também, por parte da análise dos servidores da Inspeção, que, idealmente, tem que checar todos os processos de todas as unidades do Estado e, a partir disso, dão prioridade a pontos que estão fora do determinado pelo rito judicial”, explica a servidora Rossane Teixeira. 

Rossane falou também sobre outros critérios que são considerados na hora da análise. “Além disso, servem como base para o setor as metas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) - da número um até a de número oito, sendo a última meta a mais recente, que atenta aos casos de feminicídio. Outro ponto é o tempo que o processo tramita na Justiça: se ele tem mais de 10 anos, ele é prioritário para a unidade que julgue-o. Os processos começam a ser analisados na Capital, onde a demanda é maior”. 

A Inspeção passou de dois para seis servidores em 2019 e alguns provimentos também foram publicados pelo corregedor-geral da Justiça, Fernando Tourinho, para facilitar o trabalho, como o Provimento nº 10, de 22 de março de 2019, que colaborou para a modernização do setor. 

Em entrevista, Rossane Teixeira conta mais detalhes sobre o trabalho desenvolvido na Inspeção. Assista ao vídeo.


Victor Lima – Ascom CGJ/AL

imprensacgj@tjal.jus.br – (82) 4009-7167


Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.