Geral - 12/08/2019 - 18:09:03
TJAL discute temas de interesse comum com Comitê de Atores Judiciais
Possível realização de concurso público para agentes penitenciários, novas formas de intimação e uso de tecnologias foram debatidos

Reunião foi realizada na Presidência do TJAL. Foto: Adeildo Lobo Reunião foi realizada na Presidência do TJAL. Foto: Adeildo Lobo

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), desembargador Tutmés Airan de Albuquerque, e o corregedor-geral da Justiça, desembargador Fernando Tourinho, conduziram, nesta segunda-feira (12), a segunda reunião com o Comitê de Atores Judiciais, composto por instituições que atuam diretamente no sistema de justiça.

Instituído em abril deste ano a fim de diminuir eventuais dificuldades incomuns que surjam, o comitê é composto pela Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Alagoas (OAB/AL), Ministério Público Estadual (MP/AL), Defensoria Pública, Procuradoria-Geral do Estado, Secretaria de Segurança Pública (SSP/AL), Polícia Militar, Polícia Civil e Secretaria Estadual de Ressocialização.

Entre os assuntos discutidos estavam a possível realização de concurso público para agentes penitenciários, novas formas de intimação, uso de novas tecnologias e criação de um núcleo para julgar processos de falência em ações judiciais. O magistrado auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ/AL), Antonio Rafael Casado, também participou da reunião.

“Na verdade o comitê ainda está se estruturando, ainda vamos aprovar o regimento interno justamente para aprimorar. O sentido maior do comitê é que nós, conversando entre as instituições, possamos minimizar os problemas do nosso dia a dia. Eu acho que o caminho está indo bem, o presidente Tutmés Airan foi muito feliz na criação desse comitê e acreditamos que vamos dar vasão maior para nossas demandas”, destacou o corregedor.

A próxima reunião do comitê deve ser realizada em novembro.

Robertta Farias – Dicom TJAL
imprensa@tjal.jus.br – (82) 4009-3240 /3141


Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.