Geral - 22/05/2017 - 17:12:20
Jri desclassifica crime e ru condenado a dois anos por ameaa e porte ilegal de arma
Julgamento foi realizado em Unio dos Palmares e conduzido pelo magistrado Anderson Passos, titular de 3 Vara da Comarca

Jri desclassifica crime e ru condenado por ameaa e porte ilegal de arma

    O Conselho de Sentena da Comarca de Unio dos Palmares desclassificou a acusao do crime de tentativa de homicdio do ru Paulo Wbiratan da Silva, para os crimes de ameaa e porte ilegal de arma de fogo, durante o jri popular realizado nesta segunda-feira (22). O acusado foi condenado a dois anos e quatro meses de deteno em regime aberto. 

    O julgamento foi conduzido pelo juiz Anderson Santos dos Passos, titular da 3 Vara. Durante o jri popular, tanto a defesa quanto o Ministrio Pblico Estadual solicitaram aos jurados a desclassificao do crime.

Sobre o caso

    De acordo com os autos, no dia 30 de agosto de 2013, a esposa da vtima teria cobrado uma dvida que o ru contraiu no mercadinho da famlia, localizado na entrada da casa. Por volta das 23h40 do mesmo dia, Paulo Wbiratan teria ido a residncia da vtima, oferecido uma moto, que no pertencia a ele, para vender e a vtima teria se negado a comprar.

    Em seguida, houve uma discusso por causa da dvida contrada no mercadinho e Paulo Wbiratan sacou uma arma de fogo e apontou para a vtima, que conseguiu conter o acusado com a ajuda da esposa e da filha.

    Em seu depoimento, o ru afirmou que estava armado, mas que no a teria utilizado. Afirmou que a discusso se deu devido ao valor da dvida, segundo Paulo Wbiratan, a dvida era de R$ 25,00 e a vtima estaria cobrando R$ 50,00.


Matria referente ao processo n 0000049-34.2013.8.02.0073


Diretoria de Comunicao - Dicom TJ/AL

imprensa@tjal.jus.br - (82) 4009-3141/3240



Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.