Geral - 29/05/2019 - 19:12:49
Presidente do TJ e Fecomrcio discutem situao dos comerciantes do Pinheiro
Segundo dados da entidade, houve perda de faturamento em 95% das empresas localizadas no bairro

Tutms Airan recebeu relatrio da Fecomrcio sobre a situao dos comerciantes no bairro do Pinheiro. Tutms Airan recebeu relatrio da Fecomrcio sobre a situao dos comerciantes no bairro do Pinheiro. Foto: Adeildo Lobo
TJAL e Fecomrcio discutem situao dos comerciantes do Pinheiro

A situao dos comerciantes do Pinheiro foi tema de reunio entre o Tribunal de Justia de Alagoas (TJAL) e a Federao do Comrcio (Fecomrcio/AL), nesta quarta (29). Segundo dados da entidade, o bairro tem 3.600 empresas com o CNPJ ativo e 95% delas j indicaram perda no faturamento por conta dos problemas na regio, provocados pelas atividades da Braskem.

?A maioria teve perda de 64% no seu faturamento quando a gente compara janeiro de 2019 com janeiro do ano passado. uma perda significativa, mais da metade do faturamento da empresa?, disse o assessor econmico da Fecomrcio/AL, Felippe Rocha.

De acordo com o assessor, as pessoas tm evitado fazer compras ou passar pelo bairro. ?Os prprios moradores, uma parte, se mudou. Ento, a gente tem uma diminuio na demanda local e na demanda de quem transita por l?.

A crise, explicou Felippe Rocha, tem levado a demisses. Cerca de 33% das empresas j demitiram por conta da situao que esto vivendo.

Na avaliao do presidente do TJAL, Tutms Airan, resolver a situao dos comerciantes ser um desafio. ?Temos dois grandes desafios: o primeiro tentar encontrar uma soluo que atenda as pessoas fsicas, os moradores da encosta do Mutange e dos bairros do Pinheiro e Bebedouro. O segundo como fazer para tratar o problema do pequeno e mdio comerciante, que uma coisa mais difcil de construir a sada alternativa, porque voc precisa quantificar o prejuzo dessas pessoas. A gente vai negociar com a Braskem e tentar encontrar uma soluo razovel?, disse o desembargador.

Diego Silveira - Dicom TJAL
imprensa@tjal.jus.br - (82) 4009-3141/3240




Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.





Adotar  Amor