Coronavírus - 07/04/2020 - 13:38:59
Centro de mediao na Sicredi realizar audincias por whatsapp
Cooperados podero renegociar suas dvidas com a instituio financeira; audincias virtuais comeam na quinta (9)

Audiências no Cejusc da Sicredi ocorrerão, pela primeira vez, por whatsapp. Audincias no Cejusc da Sicredi ocorrero, pela primeira vez, por whatsapp. Arte: Dicom
Centro de mediao na Sicredi realizar audincias por whatsapp

O Centro Judicial de Soluo de Conflitos e Cidadania (Cejusc) que funciona na Cooperativa Sicredi, no bairro Mangabeiras, vai realizar audincias de mediao por whatsapp, a partir de quinta-feira (9). O objetivo oferecer alternativas para que os cooperados solucionem suas pendncias com a instituio.

"A Sicredi a nica instituio financeira que conta com um Cejusc em suas dependncias e tambm a nica a realizar sesses virtuais de mediao. O momento de encontrarmos sadas para solucionar as pendncias dos cooperados e no penaliz-los e sobrecarregar o Judicirio, sobretudo nesse momento difcil", afirmou o diretor de Operaes da Sicredi Alagoas, Maurlio Ferraz.

Nas audincias com a instituio, os cooperados podero renegociar suas dvidas. A inteno, de acordo com o diretor, no oner-los com juros de atrasos, custas e honorrios advocatcios decorrentes de aes judiciais.

Maurlio Ferraz destacou ainda que as partes j esto sendo contatadas e informadas sobre as mediaes virtuais. "A aceitao est sendo satisfatria, sobretudo quando dizemos que essa nova modalidade de soluo de conflitos tem a chancela do Tribunal de Justia de Alagoas".

Ato normativo do TJAL

As audincias por whatsapp j esto ocorrendo, desde o ltimo dia 30, no Cejusc que funciona no Frum da Capital, no Barro Duro. Os casos mediados envolvem processos da rea de famlia.

O ato normativo que autoriza a realizao das audincias virtuais foi assinado pelo presidente do TJAL, desembargador Tutms Airan, e pode ser conferido aqui.

Diego Silveira - Dicom TJAL
imprensa@tjal.jus.br - 4009.3240/3141



Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.