Palestra 16/10/2016 - 22:27:39
Magistrados e servidores participam de palestra sobre Constelação Familiar
Método tem sido aplicado em audiências de conciliação, mas pode ser utilizado em todas as esferas da vida, explicou o consultor

Consultor já realizou atividades sobre Constelação Familiar em diversos estados do país. Foto: Itawi Albuquerque Consultor já realizou atividades sobre Constelação Familiar em diversos estados do país. Foto: Itawi Albuquerque

    A noite de sexta-feira (14) foi de reflexão para dezenas de pessoas que participaram da palestra sobre o método da Constelação Familiar para a resolução de conflitos. Magistrados e servidores do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) participaram, gratuitamente, da atividade com o consultor Almir Nahas, do Instituto Olhar Sistêmico. Na ocasião eles puderam conhecer mais do que uma técnica de trabalho, mas uma nova forma de olhar o mundo.     
    Segundo o consultor Almir Naha, a técnica da Constelação Familiar é uma modalidade de terapia de grupo que visa resolver questões internas através das relações e vivências entre os membros de uma mesma família. Trata-se de um método de ajuda fundamentado nas descobertas do alemão Bert Hellinger, que se baseia no uso de representantes neutros para representar membros da família ou grupo social do paciente.
    Almir Nahas, durante a palestra, afirmou que cada encontro com os grupos que desejam aprender mais sobre o método é um novo aprendizado. Para ele, o método modifica o “olhar sistêmico” do indivíduo sobre questões pessoais e também o modo de se relacionar com o outro, representando uma mudança na forma de olhar a vida.
    “Faz doze anos que trabalho com a Constelação Familiar e aprendi que a ferramenta pode ser utilizada em todas as questões humanas, seja no casamento, no trato com os filhos, com os pais, nas deciões profissionais. No ramos do Direito a aplicação do método é relativamente nova, mas tem se consolidado nos últimos anos", relatou Almir.
    A prática da Constelação Familiar já vem sendo realizada no Poder Judiciário de diversos estados do país. Em Alagoas, o método vem sendo utilizado em audiências de conciliação. “Para o magistrado conciliar, mediar e entender o que está acontecendo, muitas vezes é necessário se despir da toga para que ele encurte a distância entre as partes e ganhe confiança dos envolvidos”, explicou o juiz Yulli Roter Maia, que tem utilizado o método da Constelação Familiar em suas audiências.

Palestra foi aberta para o público mediante pagamento de taxa, porém magistrados e servidores do TJ/AL participaram gratuitamente do evento. Foto: Itawi Albuquerque


Quem é Almir Nahas     
    O consultor Almir Nahas possui uma experiência de mais de 10 anos na realização de Constelação Familiar, e é graduado em jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da Univeridade de São Paulo (Eca-USP), com especializações em marketing, comunicação empresarial, pesquisa de mercado, coaching, design thinking.
    Fez formação em Constelações Sistêmicas Familiares com Renato Shahan Bertate, e formação em Constelações Sistêmicas Organizacionais, Consultoria Sistêmica e Coaching Sistêmico pela Infosion, da Alemanha.
    Participa de treinamentos com o próprio Bert Hellinger desde 2004, e tem aplicado a técnica em atendimentos individuais, em grupo e em empresas nas áreas de Marketing, Recursos Humanos e em Planejamento Estratégico, dentre outras.
    Junto com Homero Zolli e Mariza Pirollo, responde desde 2011 pela Formação de Facilitadores em Constelações Sistêmicas, Organizacionais e Pedagogia Sistêmica.


Carolina Amâncio - Esmal TJ/AL
imprensa@tjal.jus.br - (82) 2126-5363

























LEGISLAÇÃO E NORMAS