Especial 03/08/2020 - 16:02:54
TJAL explica formas de violência contra mulher e como é possível denunciar
Material digital, produzido pela Coordenadoria da Mulher em parceria com a Diretoria de Comunicação, traz ainda endereços e contatos dos locais de apoio às vítimas

Cartilha foi disponibilizada de forma digital pela Diretoria de Comunicação do TJAL. Cartilha foi disponibilizada de forma digital pela Diretoria de Comunicação do TJAL.
Cartilha virtual explica formas de violência contra mulher e como é possível denunciar

Para facilitar o reconhecimento da sociedade quanto aos tipos de violência contra a mulher, o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) disponibilizou uma versão digital do folder #NãoSeCale. A iniciativa faz parte das ações do Poder Judiciário para a campanha Agosto Lilás, que visa combater a prática de violência doméstica por meio da conscientização.  

Produzido pela Coordenadoria Estadual da Mulher em parceria com a Diretoria de Comunicação do Tribunal, a cartilha traz endereços e contatos dos locais de apoio às vítimas, os tipos de violência doméstica conforme a Lei Maria da Penha, números para fazer denúncias ou tirar dúvidas, entre outras informações importantes. 

De acordo com o material, a violência doméstica não se resume à agressão física. Ela pode ser emocional ou psicológica, sexual, patrimonial e ainda moral. Clique aqui e baixe a cartilha. 

O folder traz ainda o violentômetro que facilita que as vítimas reconheçam sinais de violência doméstica que estão sofrendo. A ferramenta mostra desde os sinais mais leves até os mais graves.


Robertta Farias - Dicom TJAL
imprensa@tjal.jus.br 






















LEGISLAÇÃO E NORMAS