Posse 12/11/2020 - 13:04:23
Tutmés Airan empossa membros da Brigada de Incêndio do TJAL
Tribunal é o primeiro órgão público do estado a contar com uma Brigada; equipe vai atuar na prevenção e no combate a incêndios

Tutmés Airan empossa membros da Brigada de Incêndio do TJAL
O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), Tutmés Airan, empossou os integrantes da Brigada de Incêndio do Judiciário, nesta quinta-feira (12). Os dez profissionais atuarão na prevenção e no combate a incêndios e prestarão os primeiros socorros em situações de emergência. O TJAL é o primeiro órgão público do estado a ter uma Brigada. 

"Esse lançamento tem a marca do ineditismo, assim como teve o lançamento da Guarda Judiciária. A ideia é aproveitar uma mão de obra qualificada, formada por militares da reserva, e colocá-la à disposição de juízes, servidores e jurisdicionados", afirmou o desembargador. 

A Brigada atuará no prédio do TJAL, podendo ainda atender outras unidades judiciárias. "Já estávamos dando segurança e agora vamos dar ainda mais. Vamos proteger as pessoas de males eventuais que precisam de uma atuação urgente, como um incêndio ou um mal súbito, por exemplo. Estamos orgulhosos de deixar mais esse legado", destacou Tutmés Airan.

O bombeiro Hermann dos Santos estava na reserva da corporação há quatro anos. Para ele, o retorno ao trabalho será positivo. "É sempre bom a gente atualizar os conhecimentos e colocar em prática o que aprendeu. Vou trabalhar no dia a dia para dar mais suporte em termos de segurança".



Hermann dos Santos vai atuar na Brigada de Incêndio do TJAL, que visa dar mais segurança a magistrados, servidores e jurisdicionados. Foto: Caio Loureiro

Seleção

Os dez integrantes da Brigada de Incêndio passaram por seleção organizada pelo TJAL e pelo Corpo de Bombeiros. Eles foram submetidos a exames físicos e médicos. A seleção levou em conta ainda aspectos como comportamento, data de ingresso na reserva e especialização na área de combate e prevenção a incêndios.

Depois do processo seletivo, os aprovados ainda passaram por treinamento com brigadistas do Corpo de Bombeiros. "Eles já possuíam essa experiência e tiveram esse aprimoramento para que pudessem voltar ao trabalho. A partir de amanhã estarão aqui atentos para neutralizar qualquer causa de sinistro que venha a acontecer no Tribunal", explicou o chefe da Assessoria Militar do TJAL, coronel Elias Oliveira.

O contrato de trabalho dos brigadistas é de dois anos, podendo ser renovado.

Trabalho preventivo

De acordo com o coordenador da Brigada de Incêndio do TJAL, cabo Francisco Ferro, a equipe vai trabalhar de forma preventiva e proativa para que as pessoas que transitam pelo Tribunal tenham mais segurança. "Acredito que o pioneirismo do TJ vai mudar a concepção de segurança e prevenção no nosso estado".

O ineditismo do Judiciário também foi destacado pelo comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel André Madeiro. Para ele, a Brigada valoriza o trabalho de profissionais que estavam na reserva e protege vidas. "São militares com comprometimento elevado que vão somar e muito ao trabalho do Tribunal".

Diego Silveira - Dicom TJAL
imprensa@tjal.jus.br























LEGISLAÇÃO E NORMAS