Mulher 24/09/2021 - 16:31:31
Comarca de Viçosa promove grupo reflexivo com autores de violência doméstica
Encontro, que faz parte do programa Família Feliz, abordou temas como machismo, comunicação não violenta e Lei Maria da Penha

Primeira reunião do grupo reflexivo ocorreu nesta sexta (24), no Fórum de Viçosa. Primeira reunião do grupo reflexivo ocorreu nesta sexta (24), no Fórum de Viçosa.

A Comarca de Viçosa promoveu, nesta sexta-feira (24), grupo reflexivo com autores de violência doméstica. A ação faz parte do programa Família Feliz, destinado a acompanhar famílias que lidam com algum tipo de violência ou que estão em situação de vulnerabilidade psicossocial.

Durante o encontro, foram abordados temas como machismo, comunicação não violenta e Lei Maria da Penha. O objetivo, de acordo com a psicóloga Júlia Lira, é fazer com que os homens repensem suas atitudes dentro da família e da sociedade. "Esse processo faz parte de uma reeducação. É importante trazer uma conscientização sobre a violência doméstica e os danos que ela causa".

Doze homens participaram desse primeiro grupo. Segundo a psicóloga, os encontros ocorrerão a cada 15 dias, até o mês de dezembro. As reuniões são conduzidas pela equipe multidisciplinar que atua na Comarca. A iniciativa tem apoio da Prefeitura de Viçosa.

De acordo com a juíza Juliana Batistela, a violência doméstica origina diversos males sociais. "Esse é um tema bastante complexo e importante. O Judiciário, além de dar atenção às vítimas, precisa ter um olhar para os agressores", reforçou.

A magistrada explicou ainda que o grupo reflexivo é apenas uma vertente do programa Família Feliz, que está sendo implementado na Comarca. "Também vamos trabalhar com constelação familiar envolvendo as vítimas. O programa tem parceria da Prefeitura, que ofereceu atendimento com psicólogos e assistência pelo Creas, além de cestas básicas para pessoas em situação de vulnerabilidade", destacou. 

Diretoria de Comunicação - Dicom TJAL DS
imprensa@tjal.jus.br























LEGISLAÇÃO E NORMAS