Geral 04/03/2016 - 14:06:07
TJ lança sistema para agendamento de audiências por videoconferências
Ferramenta foi apresentada nesta sexta-feira (4), no Fórum do Barro Duro, a magistrados e servidores das varas criminais da capital

Diretor de Tecnologia da Informação José Baptista apresentou o sistema aos magistrados e servidores. Diretor de Tecnologia da Informação José Baptista apresentou o sistema aos magistrados e servidores. Foto: Caio Loureiro
TJ/AL inaugura videoconferência: “é um divisor de águas”, diz presidente
Justiça de Alagoas lança sistema de videoconferência nesta quarta (2)
TJ lança sistema para agendamento de audiências por videoconferências
TJ lança sistema para agendamento de audiências de videoconferências

Após a implantação da videoconferência na quarta-feira (2), o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) lançou, na manhã desta sexta-feira (4), no Fórum da Capital, no Barro Duro, o Sistema de Marcação de Videoconferências (Simavi), que permite aos magistrados o agendamento de audiências virtuais realizadas entre as unidades judiciárias e o sistema prisional de Alagoas. Na oportunidade, servidores e juízes puderam sanar suas dúvidas sobre o funcionamento da ferramenta.

De acordo com o presidente da Comissão de Virtualização e Digitalização do Poder Judiciário de Alagoas, desembargador Fernando Tourinho de Omena Souza, o Simavi foi planejado para reduzir os possíveis congestionamentos durante a realização das audiências por videoconferência.

“Estamos aprimorando o uso da videoconferência. Todas as varas criminais de Alagoas já estão equipadas, mas o Sistema Prisional conta, inicialmente, apenas com cinco salas destinadas às audiências, sendo três no presídio da Capital e duas na penitenciária do Agreste. Com as marcações das audiências por meio do Simavi, evitaremos o congestionamento do sistema”, explicou.

Segundo o diretor de Tecnologia da Informação do TJ/AL, José Baptista dos Santos Neto, o sistema funcionará, nos próximos 15 dias, experimentalmente, a fim de garantir a qualidade da comunicação entre as unidades judiciárias e o Sistema Prisional. O diretor destacou ainda que o uso do Simavi é simples, já que é vinculado à ferramenta interna de comunicação do Judiciário alagoano, o sistema Intrajus.

Benefícios das videoconferências

O desembargador Fernando Tourinho destacou ainda alguns benefícios proporcionados pela realização de audiências virtuais. “A videoconferência é um instrumento que veio para dar uma maior celeridade aos processos criminais que tramitam em nosso estado, haja vista que um dos grandes transtornos enfrentados pelos magistrados era o deslocamento dos presos para as unidades jurisdicionais”.

Embora o uso da videoconferência pelo Poder Judiciário alagoano seja recente, os magistrados tem aprovado a novidade. “Os juízes que já utilizam a videoconferência estão sentindo que o sistema agiliza o andamento processual. Foi um tento muito grande da gestão do presidente Washington Luiz”, completou o desembargador.



Gildo Júnior

imprensa@tjal.jus.br - (82) 4009-3141 / 3240
























LEGISLAÇÃO E NORMAS